quarta-feira, 31 de março de 2010

Projeto Cennarium


O que é?
"Um portal que exibe peças e espetáculos das principais capitais culturais do mundo através da internet. Com isto, é possível assistir a espetáculos a qualquer hora, em qualquer lugar, mas, principalmente, no conforto de casa".

Para nós que atuamos no teatro popular é uma boa pedida. Quanto a função de tornar a tela do computador em, teatro, palco, luz e emoção. Confesso que a idéia não me convence muito. Contudo é inegável que o aumento de conteúdo teatral na web, nos ajuda na divulgação de nossas ações e projetos. A iniciativa da Cennarium é ambiciosa e de vanguarda e esperamos que possamos dialogar e ajudar no andamento deste projeto para que no futuro o mesmo não se torne um conglomerado de monopólio de conteúdo teatral na web.

Para saber mais: Site

Universidade Federal de Pelotas - Abre Concurso




Período das inscrições: 30 de março a 23 de abril de 2010.


Teatro e Educação/01 vaga/Dedicação Exclusiva Graduação na área de Artes e Título de Mestre em Teatro ou em Educação.


Pedagogia da Dança/01 vaga/Dedicação Exclusiva Graduação na área de Artes Cênicas ou em Educação Física e título de Mestre na área de Artes Cênicas ou em Educação Física ou em Educação.


História e Teoria daDança/01 vaga/Dedicação Exclusiva Graduação na área de Artes Cênicas ou em Educação Física ou em História e título de Mestrena área de Artes Cênicas ou emEducação Física ou em História ou em Educação.


Teoria e Prática da Direção Teatral /01 vaga/

Dedicação Exclusiva Graduação na área de Artes Cênicas e título de Mestre na áreade Artes Cênicas ou em Letras ouem Educação ou em ou em Antropologia.


Para saber mais: Edital

terça-feira, 30 de março de 2010

Espetáculo "Legionários da Capital"


Legionários da Capital é um espetáculo teatral em homenagem à Brasília, contando a história da cidade e tendo Renato Russo e a Banda Legião Urbana como pano de fundo. Além de relembrar show de 1988, tratado como um marco na cidade, mesmo pra quem nem nascido era, o texto une Clarisse, Eduardo, Mônica e o aluno João Roberto com seu Opala azul e dá vida à banda fictícia que Renato Russo criou aos 15 anos, a 42nd Street Band (ou Banda da Rua 42). A primeira versão da peça teve sua estréia com o título de “Legionários: Um Sábado de 88” e foi apresentada pela No Ato Oficina de Teatro em curta temporada de três apresentações – com lotação máxima em todas as sessões. Todos ficaram impressionados com o apelo do espetáculo, com o quanto as músicas da Legião Urbana ainda nos embalam – mesmo aos que não tinham idade para apreciar a banda em seu auge – e o quanto o bendito e maldito “tédio” da capital realmente é um ponto em comum para todos que nela vivem. Todas as apresentações contam com shows ao vivo da Banda Legionários.


Data: Dias 9, 10 e 11 de Abril
Hora: Às 20h
Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00 (sujeito a alteração)
Local: Teatro da Caixa – Setor Bancário Sul Quadra 4, Lotes 3/4

"As Invejosas"


Cia Plágio de Teatro apresenta "As Invejosas" com Alexandre Ribondi e André Reis.

A corrupção é o Tsunâmi que varre o território brasileiro. A disputa pelo dinheiro e o poder é o terremoto que sacode os lares brasileiros, todos os dias.

Baseado nestas catástrofes nacionais, Alexandre Ribondi escreveu a comédias as Invejosas, que tem dois personagens: Pig Leitão, mulher de político, que tem que viajar ás pressas para Miami (que ela considera ser a capital da civilização moderna), e

Pururuca, manicure, moradora do P Sul, tem que ir fazer as unhas de Pig Leitão, no Lago Sul, que ela considera ser “o centro nervoso da vida da capital da República”.

As duas se encontram e, pouco a pouco, a caixa de Pandora começa a se abrir: Pururuca sabe segredos do passado de Pig Leitão. Mais do que isso, quer fazer uso destes segredos para lucro pessoal.

Data: 30 de março a 11 de abril, sextas, sábados e domingos
Hora: Sextas e Sábados às 21h e Domingo às 20h

Ingressos: R$ 40,00 inteira e R$ 20,00 meia
Local: Teatro da Esco
la Parque - EQS 307/308 sul

Como Passar Em Concurso Público


O Grupo G7 continua com seu sucesso e distribui um mar de riso, na casa que consagrou o humor de Brasília com a Cia de Comédia Os Melhores do Mundo.

Data: De 30 de Março a 18 de Junho ( todas as sextas)
Hora: Sempre as sextas-feiras, às 21h
Local: Teatro dos Bancários - EQS 314/315, Bloco A – Asa Sul

Na Hora H


O grupo de teatro Bando Cênico se apresenta no Teatro do Guará com a peça Na Hora H nos dias 30 de março a 04 de abril.
Data: 26 a 04 de abril, Sextas, Sábados e Domingos
Hora: Sexta e Sábado às 21h, Domingo às 20h
Local: Teatro do Guará - Área Especial do CAVE - Guará II, Adm. do Guará

segunda-feira, 29 de março de 2010

1ª Edição do Rumos Teatro - Itaú Cultural


Esta é a primeira edição do Rumos Teatro, que tem como finalidade promover o intercâmbio entre teatros de grupo com práticas contínuas de pesquisa, de todas as regiões do Brasil. As inscrições, gratuitas e feitas exclusivamente pelo site, e vão até 30 de junho de 2010.

Para saber mais: SITE

“Histórias de Teatro e Circo” - Cia Carroça de Mamulengos

É a cristalização de momentos vivenciados pela Família Carroça nos seus 32 anos de vivência artística.
As cenas e os bonecos foram criados a partir do nascimento e crescimento de cada filho, conhecimento passado de irmão para irmão. Revelam o amadurecimento de uma família que surgiu e se desenvolve a cada dia, a cada espetáculo, onde o palco é um espaço natural, uma extensão do próprio lar.
É um espetáculo em constante transformação e aprimoramento. Sintetiza uma linguagem lapidada por anos de estrada, apresentando em ruas, praças, escolas, teatros e festivais. Através de uma comunicação direta, busca-se uma arte viva que toque corações de adultos e crianças.
Brasília será previlegiada com a presença destes parceiros e suas histórias, no decorrer do mês de abril teremos uma entrevista muito especial com essa família maravilhosa. Aguardem!

Dia 14 de Abril 19HS
SESI - Taguatinga / DF
Ingressos limitados
Para saber mais: SITE

Festival Internacional de Filmes Curtos


Abertas as inscrições

Filmes com até 3 minutos (fora título e créditos)

Mostra Competitiva Edição 2010

Inscreva seu filme no site até 5/4/2010

quinta-feira, 25 de março de 2010

Ilhar


Na obra, a espera da chuva guarda memória. Dois personagens a caminho da transformação a partir do encontro. Um com experiências ásperas e o outro com inocência e coragem que o tempo ainda não interrompeu.

A peça é um resgate a brasilidade onde se tem como tema a relação humana, a fé e a esperança nordestina de melhora. O trabalho de pesquisa mencionado traz a exploração de temas como a seca, a miséria e a fome, discutidos incansavelmente, porém, aqui, com olhar sutil. Ilhar prioriza o trabalho do ator no palco vazio e o poder da palavra em cena.

A geração de novas sensibilidades, a formação de sentidos, esse é o espaço de Ilhar. Um espetáculo de linguagem acessível a qualquer plateia e com abordagem na percepção deste nordeste, desta seca, deste Brasil, diversos “falares” do Brasil e sabedorias dos nossos regionalismos.


Ficha Técnica

Direção e Dramaturgia - Paulo Russo
Elenco - Verônica Moreno e Wanderson Barros
Cenografia - Adriano e Fernando Guimarães
Figurino - Cyntia Carla
Iluminação e fotografia - Diego Bresani
Realização e produção - Michelly Scanzi

Locais: Teatro Caleidoscópio (CSLW 102 Bloco C Galeria – Sudoeste)
Data: 11 a 28 de março de 2010

Teatro Goldoni 208/9 sul de 08 a 25 de abril de 2010

Espaço Cena 205 norte de 06 a 16 de maio de 2010

Quinta, sexta, e sábado 21h domingo 20h

Informações: (61) 9608 1681


A Devolução Industrial


È o novo espetáculo do circo teatro Udi Grudi. O espetáculo é um rastreamento histórico da evolução do mundo, e da raça humana e suas invenções. Esta celebração da criatividade humana e das forças da natureza se realiza através de música melódica, maquinas malucas, metáforas místicas e muito humor, sem o qual a nossa raça pouco teria evoluído.

Dias: 27 e 28 de março de 2010

Horários: 16h e 20h

Ingressos: R$ 10,00 e R$ 5,00

FUNARTE – Teatro Plínio Marcos

Eixo monumental – Setor de Divulgação Cultural entre a Torre de TV e o Clube do Choro

Para Entender o Teatro Brasileiro


A edição Especial nº 1 da revista Bravo deste mês está imperdível, é uma homenagem ao dia 27 de março - Dia Internacional do Teatro e do Circo. Parabéns a Galera da Revista Bravo.
As Origens da construção do primeiro teatro á primeira peça com tema brasileiro O Poeta e a inquisição , os anos heroicos a profissionalização do ator com o TBC e as revoluções do arena. Oficina e opnião presente e futuro, as grandes comédias, musicas convivem com uma cena alternativa e vibrante e muito mais.
Para saber mais: SITE

Centro de Teatro do Oprimido realiza nos dias 26, 27 e 28 de março apresentações públicas em homenagem ao teatrólogo Augusto Boal

FONTE: CTO

A convite da organização da Teia 2010 – Tambores Digitais, CTO faz homenagem a Boal

Para a homenagem, o Centro de Teatro do Oprimido se articulou com o Ministério da Cultura através do evento Teia 2010 – Tambores Digitais, onde haverá um espaço especial destinado a atividades de Teatro do Oprimido. O Espaço Augusto Boal será ocupado por apresentações dos grupos de Teatro-Fórum do Ceará e de uma participação do elenco feminino do Centro de Teatro do Oprimido através do projeto Madalena – teatro das oprimidas. Toda essa ação faz parte das atividades do Projeto Teatro do Oprimido de Ponto a Ponto, que visa a formação de multiplicadores em 18 estados do Brasil e países da África lusófona, e é patrocinado pelo Ministério da Cultura por intermédio do Programa Cultura Viva.

O Teatro do Oprimido é o único método criado na América Latina e praticado em mais de setenta países dos cinco continentes. Augusto Boal, criador dessa metodologia, foi indicado ao Prêmio Nobel da Paz 2008 e nomeado Embaixador Mundial do Teatro, em março de 2009 pela UNESCO pelo reconhecimento da importância do conjunto de sua obra e de sua influência em centenas de ações que buscam a transformação de realidades opressivas e que, com seus resultados locais, demonstram que um outro mundo é possível.

Como o nome já diz, a Teia é um emaranhado de manifestações culturais de diversas regiões e em várias linguagens, uma oportunidade de revelar os diversos Brasis através da descentralização da produção. A Teia é realizada pela Comissão Nacional dos Pontos de Cultura, representado pelo Instituto da Cidade, em parceria com o Ministério da Cultura, o Governo do Ceará e com o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (IACC).

PROGRAMAÇÃO – DIA 26 DE MARÇO

14 horas – Apresentação da peça “Eva”, com do Grupo Madalenas Ceará

15 horas – Apresentação da peça “Rosa é o sonho”, com Grupo Encenarte

16 horas – Apresentação da peça “No Reino do Beleléu”, com o Grupo Acauã das Artes

20:30h – Exibição de filmes e vídeos do Projeto Teatro do Oprimido de Ponto a Ponto: “Meu marido está a Negar” e “Fábrica de Teatro Popular Nordeste”

21:30h – Lançamento do livro póstumo de Augusto Boal, A Estética do Oprimido, considerado o testamento artístico do autor.

Local: Cúpula do Planetário do Dragão do Mar

Endereço: Rua Dragão do Mar 81, Praia de Iracema – Fortaleza

Classificação indicativa LIVRE

Ingressos GRÁTIS


terça-feira, 23 de março de 2010

Caminhos da poesia brasileira contemporânea


Fonte: http://paulokauim.blogs.sapo.pt
Edson Cruz, que foi do sitio Cronópios, organizou o livro O que é Poesia? que estará sendo lançado na Livraria Dom Quixote, no Centro Cultural Banco do Brasíl, dia 26/03/2010, às 18, seguido do debate “Caminhos da poesia brasileira contemporânea: dificuldades e acertos” com a presença dos poetas Antonio Cícero, Antonio Miranda, Chico Alvim, Felipe Fortuna, Frederico Barbosa, Nicolas Behr e Ronaldo Costa Fernandes. Apresentação e mediação do próprio Edson Cruz.

Jogo de Cena

Teatro da Caixa
dia 25/03/2010
quinta ás 20h
Para saber mais: SITE

Editais do Ministério da Cultura


Prêmio Areté - Apoio a Eventos Culturais em Rede

Inscrições até 10 de abril

O objetivo do Prêmio Areté - Apoio a Eventos Culturais em Rede é incentivar a troca de saberes em seminários e oficinas, celebração de festividades, mostras de poesia, literatura, artes plásticas, teatro, cinema, circo, capoeira e música, além de viabilização de shows, feiras e exposições.

Para saber mais: SITE

Prêmio VivaLeitura - 2010

Inscrições até 08 de julho

Valorizando a leitura

Desde 2006, a Fundação Santillana patrocina e executa o Prêmio VivaLeitura, instituído pelo Ministério da Educação (MEC), Ministério da Cultura (MinC) e pela Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI). Trata-se de uma iniciativa de incentivo e fomento à leitura que conta com o apoio do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e do Plano Nacional do Livro e da Leitura (PNLL).

Para saber mais: SITE

Edital Nossa Onda - 2010

Inscrições até 28 de abril

Atualizado em 19 de março de 2010

Objetiva apoiar a produção de até 52 (cinquenta e duas) obras radiofônicas inéditas sobre o tema “Diversidade Cultural”, com duração de 15 minutos, a serem difundidas, preferencialmente, para jovens de 17 (dezessete) a 29 (vinte e nove) anos integrantes ou egressos de projetos sociais do Programa Territórios da Cidadania ou do Programa Nacional de Inclusão de Jovens: Educação, Qualificação e Ação Comunitária (ProJovem).

Para saber mais: SITE

Prêmio Economia Viva - 2010

Inscrições até 10 de abril

A Ação Economia Viva do Programa Cultura Viva objetiva incentivar e possibilitar a articulação de elos de sistemas produtivos do âmbito cultural, em suas mais diversas vertentes artísticas. A Cultura, nessa ação, é entendida como vetor de geração de renda e representa um dos passos fundamentais na busca por autonomia financeira de grupos, pessoas e dos próprios espaços de efervescência cultural. O caráter social aplicado à economia, nessa ação é uma opção pela economia colaborativa, justa e sustentável.

Para saber mais: SITE

Prêmio Tuxáua Cultura Viva 2010

Inscrições até dia 10 de abril

O presente Edital: Prêmio Tuxáua Cultura Viva 2010 visa premiar, por meio da Secretaria de Cidadania Cultural (SCC) do Ministério da Cultura, 30 (trinta) projetos que demonstrem um histórico de protagonismo no contexto do programa Cultura Viva e proponham a sua continuidade em ações de mobilização e articulação em rede.

Para saber mais: SITE

Estética do Oprimido


Fonte: CTO

Durante a semana de 26 a 29 de abril, de 19 às 22 h, o Centro de Teatro do Oprimido, oferece a oportunidade de você descobrir a sua arte. Perceber que a Estética é essencial para que você possa descobrir a si mesmo, descobrir o mundo, descobrir o seu mundo, nele se descobrir, descobrindo suas potencialidades criativas. Nestas descobertas reforçar a auto-confiança e a auto- estima, elementos fundamentais para que você atue como cidadão. INSCREVA-SE JÁ!

O direito a expressão artística é um direito humano fundamental. Todos nós temos direito a escrever, a pintar, a encenar. Um poeta se faz poetando, um escritor escrevendo, um compositor compondo, um cantor cantando. É o meu fazer que me faz, sendo o ato de transformar transformador. A Estética do Oprimido é uma forma de combater a invasão do cérebro, que nos faz acreditar que nem todo mundo é artista porque coloca o oprimido como protagonista do processo estético, não simples fruidor de Arte, mero consumidor de produtos Artísticos.

A proposta desta oficina é a explicação teórica dos conceitos básicos da Estética do Oprimido e vivência prática das propostas desenvolvidas em pesquisas e laboratórios com o criador do método, Augusto Boal, junto com a equipe de curingas do Centro de Teatro do Oprimido.

Informações e inscrições:

c/ Cláudia Simone

tels. (21) 2232-5826, 2215-0503 e 9856-5604

e-mail: claudiasimone@ctorio.org.br

Para saber mais: SITE

segunda-feira, 22 de março de 2010

Haitivismo: A Juventude pelo Haiti

O que é Haitivismo?

O HAITIVISMO pretende resgatar e difundir largamente a história da ilha caribenha, desconstruindo a visão de seus colonizadores e invasores, elevando seu apreço pela liberdade que a fez o primeiro país latino-americano independente e o único a abolir a escravidão pelos próprios escravos, com a revolução protagonizada por mais de 500 mil negros; sua cultura (música, artesanato, ritos festivos e religiosos, produção musical e de audiovisual) e estabelecer o debate em defesa do fortalecimento de sua economia, autonomia política, soberania, democracia e empoderamento de seus diversos atores sociais combatendo as visões preconceituosas de suas crenças e realidade.

Como a campanha funciona?

A Campanha tem por objetivo a arrecadação de materiais para abrigo provisório tais como: barracas, toldos e tendas a serem enviados à capital Porto Príncipe.

Qual o público alvo da Campanha?

A juventude ativista, a sociedade civil organizada, empresários e comerciantes, movimentos sociais e todos/as os/as interessados/as em ajudar o povo haitiano.

Qual a metodologia da Campanha?

A metodologia será a do recebimento apenas de barracas, toldos e tendas. Ou seja, a Haitivismo não receberá, em nenhuma hipótese, valores em dinheiro – quer seja em espécie ou em depósito – tampouco outros materiais distintos dos já elencados, tais como roupas, alimentos, água etc.

Como serão feitas as doações?

As doações poderão ocorrer tanto nos postos de recebimento quanto nos eventos que serão realizados. Os endereços serão divulgados em breve.

Mas, como minha barraca vai chegar ao Haiti?

O transporte das doações até a capital Porto Príncipe ficará a cargo do Governo Federal, através da Defesa Civil Nacional.

Todo o material arrecadado ficará sob a responsabilidade da organização da campanha que poderá indicar parceiros, inclusive para seu armazenamento e transporte interno.

Como será a divulgação da Campanha?

A divulgação da Campanha ocorrerá através da Internet (Hot Site, e-mail, Radio e Tv web, redes sociais -Twitter, Ning, Orkut, Facebook, Buzz), Mídia Impressa (jornais), Mídia televisiva e radiodifusora, panfletos, cartazes e folderes.

Está prevista a produção de camisetas, fitas, bandanas além de adesivos, que serão entregues aos doadores, de modo a massificar a identidade visual da campanha.

Quero ajudar mais na Campanha, além da doação. Como eu faço?

Entre em contato conosco 61. 8614-8506 ou encaminhe um e-mail para: juventudepelohaiti@gmail.com

Atuais Parceiros:

Bonde Comunicação/ Griô produções/ Centro Universitário de Cultura e Arte – CUCA da UNE – DF / Central Única das Favelas – CUFA/DF / HC Loc – Assessoria e Divulgação Parlamentar, locação de veículos, produções e eventos/ Coletivo Unos /União Nacional de Esposas de Militares das Forças Armadas – Unemfa/ Jardim Botânico de Brasília/ Museu Nacional do Complexo Cultural da República/ Coletivo de Redes Unbando / Juventude Socialista Brasileira – JSB/ União de Negros pela Igualdade – Unegro/ Cirilo Quartim – Artes Visuais/ União Nacional dos Estudantes – UNE/ Opção Brasil – Organização Não-Governamental/ União da Juventude Socialista – UJS/ Sindicato dos Correios do DF/ Central dos Trabalhadores e das Trabalhadoras do Brasil – CTB/ Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar no DF – SAE-DF/IBRACE – Instituto Brasil de Desenvolvimento Social, Cidadania e Educação/ GIRA – Grupo de Intervenção e Reciclagem Ambiental/ Luciana Ferry – Edição e Produção Fotográfica.

Da Bomb/ Batidão Sonoro/Ataque Beliz/ Nego Dé/ Fora de Si/ Homem de Pedra/ Aquilombando/ Galinha Preta

Coletivo de Redes Unbando

Haitivismo

quarta-feira, 17 de março de 2010

Terra Madre Brasil 2010


Terra Madre Brasil 2010

A segunda edição do Terra Madre Brasil será realizada de 19 a 22 de março de 2010, no Complexo Cultural da FUNARTE em Brasília. O encontro será Realizado pelo SLOW FOOD, em parceria com: SDT, FIDA e MINC e com a colaboração de Educação em foco, Instituto Morro da Cotia e REGIONE VENETO

Participarão ao encontro 550 convidados representantes da rede do Terra Madre no Brasil. Durante os quatro dias do evento serão realizadas atividades práticas e de discussão como oficinas da terra (workshops), seminários, debates e conferências, oficinas do gosto, feira e exposição de produtos da agricultura familiar e do “artesanato culinário”.

Veja mais informações: SITE

terça-feira, 16 de março de 2010

Terror – A Comédia


Baseado nas séries clássicas de horror, o novo espetáculo da Cia de Comédia Setebelos traz personagens que antes eram conhecidos por assustar, e que agora vem como figuras que mostram um lado capaz de ganhar a simpatia e causar risos no público. Populares monstros como o Conde Drácula e Frankenstein voltarão a tona.
De 20 a 28 de março

Centro Cultural Sesi - Taguatinga Norte
Sábado 21h / Domingo 20h
Antecipados no local
Informações: 3355-9563 / 9312-1169

Arte e Estética - Volume 2




De 2 a 28 de março, sempre às 20h, realização da mostra Arte e Estética - Volume 2, no Espaço Cultural Mosaico, na 714/715 norte. O foco da mostra é apresentar a experiência e o trabalho do ator na construção do personagem. Os espetáculos de Salvador, Goiânia, São Paulo e Distrito Federal discutem o papel do próprio ator como instrumento principal da atividade cênica.Classificação indicativa: 16 anos. Entrada franca.

Os ingressos gratuitos (serão distribuídos 80 por sessão) devem ser retirados na bilheteria do Teatro com, no mínimo, 1h de antecedência.
As inscrições para as oficinas (aos sábados)
serão feitas por telefone, ou na própria bilheteria.
Espaço Cultural Mosaico: SCRN 714/715 Bl. D Lj. 16 – Brasília, DF.
Informações: (61) 3032-1330.

As Bondosas


Sinopse: As Bondosas, comédia de Ueliton Rocon, conta a história de três carpideiras: Angústia, Prudência e Astúcia, que em um determinado velório fazem de tudo, menos rezar. As três aprontam as maiores confusões, fofocando sobre a falecida e sua família até que ao final desvendam seus próprios segredos. As Bondosas é um texto que expõe com muito humor as mazelas causadas por uma moral rígida.

Apresentação do espetáculo As Bondosas, direção de Rachel Mendes, na sala Marco Antônio Guimarães, no Espaço Cultural Renato Russo da 508 Sul. Ingressos: R$ 10 reais (inteira) e R$ 5 reais (meia). Classificação indicativa: 14 anos. Informações: Lívia Maria (61) 8117-8799 e 9222-0298.

Dias 19 e 20, às 21h.
Dia 21, às 20h.
Dias 26 e 27, às 21h.
Dia 28, às 20h.

Oficina Leitura Dramáticas e Poéticas


A oficina tem por objetivo exercitar a leitura e o trabalho de interpretação do ator utilizando como material contos e crônicas; Exercitar o trabalho de construção da personagem com o intuito de preparar o aluno para uma construção mais consciente e criativa do texto cênico. As aulas serão ministradas pela professora Adriana Lodi e ocorrerão nas salas Multiuso e Teatro de Bolso.
Turma A – De 8/3 a 9/6, às segundas e quartas-feiras, das 17h às 19h. Para este curso haverá um processo de seleção.

segunda-feira, 15 de março de 2010

16 de março de 2010 – Dia do Teatro do Oprimido


Hoje comemora-se o dia do Teatro do Oprimido. Mais que uma comemoração é um dia de reflexão sobre como interferimos no cotidiano. Como lidamos com a opressão e a conseqüente injustiça dela advinda. No Brasil são centenas de grupos que estão no anonimato e que executam, e transformam os olhares e a forma de agir ante os problemas sociais e políticos de cada cidade espalhada pelo Brasil. Aos grupos que lutam pela libertação do ser humano ante toda forma de opressão, nossos mais sinceros parabéns. Viva a Boal, Viva ao TO, Viva ao CTO, Viva a todos os CTO´s espalhados pelo mundo! Viva a cada um que transforma o Brasil num país melhor a cada dia!

sábado, 13 de março de 2010

16 de março - Dia Mundial do Teatro do Oprimido


Fonte: CTO - RJ
O Centro de Teatro do Oprimido celebra no dia 16 de março de 2010, terça-feira, o Dia Mundial do Teatro do Oprimido com uma série de atividades artísticas em sua sede na Lapa, Rio de Janeiro, e alinhando as comemorações com a região nordeste, promove atividades em Natal, Rio Grande do Norte.

Desde 2008, no dia 16 de março, centenas de grupos em mais de 70 países dos cinco continentes comemoram o Dia Mundial do Teatro do Oprimido. No Largo da Lapa, Rio de Janeiro, o Centro de Teatro do Oprimido – CTO realiza nesta data, das 10 até às 22h, no casarão verde e amarelo da Av. Mem de Sá 31, que abriga a instituição, uma programação de atividades artísticas: peças teatrais, shows musicais, poesias, performances, exibição de vídeos, a instalação O Ser Humano no Lixo, exposição de pinturas, exposição de parte do acervo do Instituto Augusto Boal, além da homenagem Viva Boal que vai celebrar os 79 anos que neste dia completaria o criador do Teatro do Oprimido.

O evento se divide em três momentos, que vão explicitar a diversidade de atuação do Centro de Teatro do Oprimido. Pela manhã o foco é a educação, quando as atividades estarão voltadas para os estudantes da rede pública, que junto a seus professores participam de atividades para desdobramentos pedagógicos. A tarde o foco é o trabalho realizado na saúde mental: nos Centros de Atenção Psicossociais – Caps, hospitais psiquiátricos, hospitais de custódia, núcleos de atenção básica etc. No início da noite o foco é o trabalho nos Pontos de Cultura espalhados pelo Brasil e na África lusófona: Moçambique, Guiné-Bissau, Angola e Senegal. A partir das 20 horas acontece a celebração Viva Boal. O encerramento dançante será ao som de uma terreirada cearense com Geraldo Júnior e o grupo Forró de Raiz, que vieram do Cariri, sertão do Ceará, trazendo ritmos maravilhosos como o coco, forró, reisado, cabaçal, maracatu e outros.

Alinhado ao evento do Rio de Janeiro, o CTO realiza na mesma data em Natal, Rio Grande do Norte, um evento público gratuito de arte e conscientização social, com: oficinas, espetáculo de Teatro-Fórum, lançamento do livro A Estécica do Oprimido e palestra sobre O Teatro do Oprimido e A Estética do Oprimido, tudo acontecendo Centro Cultural do IFRN, Av. Rio Branco 743, Cidade Alta, no horário de 10h até as 21h.

Grupos do Brasil e das mais diversas nacionalidades estarão conectados ao evento do Rio, pela internet, enviando mensagens e imagens de suas comemorações.

O evento é uma realização do Centro de Teatro do Oprimido com patrocínio do Ministério da Cultura, Ministério da Saúde e Governo Federal. No Rio de Janeiro contando com promoção da TV Globo e apoio da Prefeitura do Rio e Aquareela. Em Natal o evento tem apoio do SESC-RN, IFRN, DEART/UFRN, NAC/UFRN, Grupo Gabotun e do deputado estadual Fernando Mineiro.

PROGRAMAÇÃO RJ

10 às 12 horas

Abertura – palavra do Centro de Teatro do Oprimido

Vídeo do projeto Teatro do Oprimido nas Escolas

Apresentação musical com o Grupo Vivendo em cena

Apresentação de Teatro-Fórum do Grupo Gito da Maré

Abertura da Exposição Viva Boal!

14 às 18 horas

Abertura – palavra do Centro de Teatro do Oprimido

Vídeo Teatro do Oprimido na Saúde Mental

Apresentação musical com o músico Hamilton Assunção (compositor e vocalista do Grupo Harmonia Enlouquece)

Apresentação teatral Grupo de Saúde Mental Capazes Iguais e Idealistas

Vídeo Teatro do Oprimido de Ponto a Ponto e vídeo Fábrica de Teatro Popular Nordeste

Apresentação de Teatro-Fórum do Grupo de Saúde Mental Pirei na Cenna

Apresentação Musical com o músico Hamilton Assunção (compositor e vocalista do Grupo Harmonia Enlouquece)

19 às 22 horas

Abertura – palavra do Centro de Teatro do Oprimido
Apresentação musical com canções da terra de Ribamar Nava

Apresentação musical com Nuno Arcanjo (MG)

Apresentação de Teatro-Fórum

Palavra sobre o Instituto Augusto Boal com a esposa e filho de Boal, Cecília Boal e Fabian Silbert
Apresentação músico-teatral do Grupo Artemanha

Apresentação de performance musical do Grupo Maré Arte

Apresentação musical com Roni Valk, Alexei Rodrigues e Nico do cavaco

Apresentação musical com o Trio Rolo

Encerramento com apresentação musical de terreirada cearense com Geraldo Júnior e o grupo Forró de Raiz

SERVIÇO RJ

Evento: Dia Mundial do Teatro do Oprimido

Data: 16 de março

Horário: 10 às 22 horas

Local: Centro de Teatro do Oprimido. Av. Mem de Sá 31, Lapa

Capacidade de público: 250 pessoas

Informações: tel. 2232-5826 ou sítio www.cto.org.br

Classificação indicativa: LIVRE

Ingressos: GRÁTIS

quarta-feira, 10 de março de 2010

A CELA (Le Sas)


Espetáculo contemplado com Prêmio de Teatro Myriam Muniz/2008.

Aproveitando uma liberação condicional antecipada, a libertada passa a sua última noite na cadeia, sozinha numa cela especial, asseptizada, entre dois mundos, entre o dentro e o fora, entre o presente e o futuro. Encarcerada e com 33 anos, passou 16 anos na cadeia depois de ter matado seu marido. No aqui e agora desta noite, ela conta, ela se conta: as lembranças, as repreensões, as recompensas, as amizades com as co-detentas, o trabalho nos ateliês, a saudade dos filhos…
E o medo. Este medo terrível de sair, de re-enfrentar uma realidade que ela não conhece mais. Medo do exterior. Medo dos outros. Medo da vida, enfim. Um medo que cada um de nós, às vezes, na intimidade de nossa própria solidão, conhece, talvez.

A CELA (Le Sas)
de Michel Azama
Tradução: Edson Rodrigues
Encenação e direção: Jean-Jacques MUTIN
Atriz: Tereza Padilha

  • De 11 a 28 de março de 2010
  • Às 21h (sexta e sábados) e às 20 (aos domingos)
  • Ingressos a R$30,00 e 15,00 (meia)
  • Classificação: 14
  • SHCGN 707 Teatro Mapati
  • Fone: (61) 3347 3920

terça-feira, 9 de março de 2010

Seminário debate direito à educação e os limites da atual lei de direitos autorais


Evento acontece no dia 13 de março, em São Paulo, e reúne gestores, organizações da sociedade civil, pesquisadores e educadores para debater a reforma da lei de direitos autorais; consulta pública deve ser lançada ainda este mês.

As tecnologias digitais ampliaram consideravelmente as possibilidades de acesso à informação e ao conhecimento e têm entusiasmado educadores, pesquisadores e estudantes no debate sobre a incorporação desses recursos na escola para melhorar a qualidade da educação.

No entanto, a legislação de direitos autorais em vigor apresenta restrições ao pleno desenvolvimento dos processos educativos. A lei 9.610, de 1998 – a chamada LDA – não permite que músicas, filmes, fotos, cópias de textos – mesmo aqueles que estão fora de circulação comercial – sejam usados para fins didáticos e educacionais. Escolas e universidades, assim como organizações não-governamentais que trabalham com atividades de formação, estão sujeitas a esses limites.

Depois de um processo de audiências iniciado em 2007 com diversos setores da sociedade civil, o Ministério da Cultura elaborou um anteprojeto de lei para a reforma da LDA, que está prestes a ser aberto para consulta pública, antes de ser encaminhado para votação no Congresso. A previsão é que a consulta se inicie ainda em março, de acordo com o MinC.

Para debater os limites da atual LDA e os pontos necessários em uma reforma para que se equilibrem os direitos do autor e o direito à educação, organizações envolvidas com o tema – Ação Educativa, Casa da Cultura Digital, GPopai-USP, IDEC, Instituto Paulo Freire, Intervozes e Música Para Baixar – realizam um debate no dia 13 de março, das 10 às 17 horas, no Instituto Paulo Freire em São Paulo. A participação é gratuita e não é necessária inscrição. Para saber mais

Nelson Freitas e Vocês


Stand-up


O show tem a duração de 70 minutos e a classificação é 14 anos. "Um verdadeiro pontapé no mal humor".


FICHA TÉCNICA

Direção: Chico Anyzio

Direção musical : Nico Rezende Iluminação: Dimas Albuquerque

Produção: Nelson Freitas

Direção de produção: Cláudio Sardenberg

Teatro Oi Brasilia
SHTN Trecho 1 Conj 1B Bloco C (Ao lado do Palácio da Alvorada)
Brasilia - Distrito Federal

2ª edição da Mostra de Teatro Arte e Estética


  • Em comemoração aos três anos de atividades, o
  • Espaço Cultural Mosaico estará realizando
  • a 2ª edição da Mostra de Teatro Arte e Estética.
  • Data: De 02 a 28 de Março
  • Hora: Sempre às 20h horas
  • Local: SCRN 714/715 Bloco D Lj 16

6º Pinte Brasília


As insrições e entrega das obras são até o dia 4 de maio de 2010.

Os três primeiros lugares receberão R$ 9.500,00

em prêmios-aquisição e as dez menções honrosas

receberão prêmios em artigos de arte.

1º Lugar R$ 4.500,00

2º Lugar R$ 3.000,00

3º Lugar R$ 2.000,00

SITE

Auto do Pesadelo de Dom Bosco


Nova apresentação da Ópera de Rua de Jorge Antunes. Dessa vez o AUTO DO PESADELO DE DOM BOSCO vai ser apresentado no campus da UnB, no estacionamento em frente à Casa do Professor.
Quem perdeu a estréia no dia 20 de fevereiro, terá agora a oportunidade de conferir o espetáculo inovador e audacioso.
O sucesso da estréia no dia 12 de fevereiro, foi estrondoso.
A vida imita a arte e alguns dos personagens, condenados na ópera, foram presos na vida real logo em seguida.

Auto do pesadelo de Dom Bosco
Ópera de rua, em um ato, de Jorge Antunes
Campus da Universidade de Brasília,
em frente à Casa do Professor
12 de março de 2010, 16 horas
Entrada franca
Classificação etária: livre

segunda-feira, 8 de março de 2010

II Conferencia Nacional de Cultura - Brasília 2010


Uma mensagem a todos os membros de II Conferência Distrital

Militantes, delegados eleitos, artistas e produtores da cultura candanga,
Chegou o grande dia.
De 11 a 14 de março, Brasília sedia a II Conferencia Nacional de Cultura.
Participe!
Se vc não é delegado, pode ser observador.
Acesse o blog e veja como participar.
Acesse o Forum do ning para baixar a programação completa.

quinta-feira, 4 de março de 2010

TEATRO CALEIDOSCÓPIO - TEMPORADA 2010

PROJETO TEATRO ABERTO
O Projeto "Teatro Aberto" é uma forma de dizer: bem-vindo! O Teatro Caleidoscópio está abrindo suas portas para receber seu projeto. Envie seu dossiê. Em 2010, o nosso teatro de bolso pode caber a sua grande idéia.

TEATRO CALEIDOSCÓPIO
CLSW 102 Bloco C Sala 1
Setor Sudoeste
70.670-513 - Brasília/DF
SITE
E-mail: contato@teatrocaleidoscopio.com.br

As Pontes de Madison


A emocionante história de amor entre Francesca, interpretada por Denise Del Vecchio, e Robert, vivido por Marcos Caruso, é adaptada pela primeira vez no Brasil. Escrita em 1992 por Robert James Waller, o best seller foi levado ao cinema por Clint Eastwood que, ao lado de Meryl Streep, encantou espectadores do mundo todo em 1995.

O Centro Cultural Banco do Brasil – Brasília apresenta o espetáculo teatral As Pontes de Madison – montagem brasileira com direção de Regina Galdino e adaptação de Alexandre Tenório, baseada no romance de Robert James Waller, em cartaz no teatro do CCBB, de 06 a 21 de março de 2010.
Local: CCBB - Centro Cultural Banco do Brasil
Endereço: Entre a Academia de Tênis e Clube de Golf
Telefone do Local: ---
De: 06/03/2010 a 21/03/2010

Ingressos: R$ 15 (inteira) e R$ 7,50 (meia)
Ponto de Venda: No local

Cia Instrumento de Ver


Na segunda quinzena de março, a Cia Instrumento de Ver circula seu mais novo projeto, Circo-Lá, que leva a magia do circo para praças e centros comercias de São Sebastião, Paranoá, Taguatinga e Plano Piloto, sempre às 17h.

A companhia vai apresentar números rápidos de acrobacia aérea em uma estrutura ao ar livre, proporcionando instantes de emoção e diversão ao público. O espetáculo é seguido de uma projeção de fotos sobre o circo brasiliense. O projeto foi contemplado pelo Prêmio Funarte Carequinha de Estímulo ao Circo 2009 e pelo FAC/2009, da Secretaria de Cultura do DF.

18 de março - São Sebastião, na praça La Bodeguita (Vila Nova)
20 de março – Paranoá, na Praça Central (Lote 02, Área Especial)
Horário: 13h e 17h
Acesso gratuito
Classificação etária: Livre

Blog

Ilhar


Na obra, a espera da chuva guarda memória. Dois personagens a caminho da transformação a partir do encontro. Um com experiências ásperas e o outro com inocência e coragem que o tempo ainda não interrompeu.

A peça é um resgate a brasilidade onde se tem como tema a relação humana, a fé e a esperança nordestina de melhora. O trabalho de pesquisa mencionado traz a exploração de temas como a seca, a miséria e a fome, discutidos incansavelmente, porém, aqui, com olhar sutil. Ilhar prioriza o trabalho do ator no palco vazio e o poder da palavra em cena.

A geração de novas sensibilidades, a formação de sentidos, esse é o espaço de Ilhar. Um espetáculo de linguagem acessível a qualquer plateia e com abordagem na percepção deste nordeste, desta seca, deste Brasil, diversos “falares” do Brasil e sabedorias dos nossos regionalismos.


Ficha Técnica

Direção e Dramaturgia - Paulo Russo
Elenco - Verônica Moreno e Wanderson Barros
Cenografia - Adriano e Fernando Guimarães
Figurino - Cyntia Carla
Iluminação e fotografia - Diego Bresani
Realização e produção - Michelly Scanzi


Local: Teatro Caleidoscópio (CSLW 102 Bloco C Galeria – Sudoeste)
Data: 11 a 28 de março de 2010
Horário: Quinta, sexta e sábado, às 21h e domingo, às 20h
Ingresso: R$ 10 (meia-entrada)
Classificação indicativa: 10 anos
Informações: (61) 9608 1681